Acessibilidade

Estamos à procura de trabalhadores:

Com relação jurídica de emprego público;

Que valorizem  o respeito pelo outro, o desafio da inovação, o desafio da autonomia técnica e a responsabilização.
 

Quem somos:

Uma equipa dedicada à proteção da saúde pública;

Uma das melhores agências da Europa na nossa área de intervenção.

Conheça a nossa história.
 

Valorizamos e acolhemos:

O direito à igualdade;

A conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal;

Modelos de organização flexíveis de trabalho dentro das várias modalidades previstas para a administração pública;

O desenvolvimento profissional;

O bem-estar no local de trabalho, proporcionando condições apropriadas, a par de um ambiente seguro e saudável.

Assistente de Controlo de Faturação na Direção de Recursos Humanos, Financeiros e Patrimoniais (DRHFP):

  • Receber e controlar a faturação;
  • Garantir o arquivo da documentação produzida no âmbito da sua função assegurando a sua organização e manutenção;
  • Assegurar a atualização da informação nas bases de dados relevantes para a correta gestão das atividades.

 

Candidaturas para recrutamento@infarmed.pt.

Torna -se público que  se encontra aberto, pelo período de 15 (quinze) dias úteis, a contar da data da publicação da oferta de emprego, na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal comum para o preenchimento de 15 postos de trabalho, distribuídos por três referências (referência A, B e C), nos termos indicados no n.º 6 desde Aviso, para a carreira/categoria de técnico superior, previstos e não ocupados no mapa de pessoal do INFARMED, I. P., com vista à constituição de vínculo de emprego público, na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado.

As comunicações serão realizadas através de correio eletrónico, visualize frequentemente o spam da sua caixa de correio.

Esclarecimento de dúvidas: recrutamento@infarmed.pt

 

 

Apoio técnico-administrativo:
Assegurar o necessário apoio administrativo à Direção de Produtos de Saúde (DPS): atendimento telefónico, gestão documental, arquivo e registo da documentação, elaboração de ofícios que visam o acompanhamento de documentos técnicos para expedição, distribuição de correio interno na Direção, publicação de Circulares Informativas e apoio na gestão de proxys da Direção.

Conhecimentos na língua inglesa e conhecimentos de informática na ótica do utilizador.

Atividades:

  • Apoiar a implementação da política de gestão de Recursos Humanos, considerando as especificidades dos processos de RH, em específico na área de desenvolvimento de competências através do processo formativo;
  • Monitorizar e controlar a aplicação de políticas e instrumentos de Recursos Humanos, de forma transversal, com especial incidência no processo de gestão da formação;
  • Assegurar a operacionalização do processo de gestão da formação nas suas diferentes fases de planeamento, execução, monitorização e avaliação;
  • Assegurar a atualização da informação nas bases de dados relevantes para o processo;
  • Operacionalizar os processos de Recursos Humanos e responder aos pedidos de apoio dos seus clientes internos, utilizando os meios disponíveis;
  • Colaborar em projetos no âmbito dos processos de gestão de pessoas.

 

Requisitos preferenciais:

  • Experiência anterior no domínio da gestão da formação na área da saúde e na área farmacêutica;
  • Formação em competências pedagógicas;
  • Boas competências de comunicação;
  • Experiência anterior em equipas de trabalho multidisciplinares;
  • Experiência na Gestão do Sistema da Conciliação.

Área de atuação: Direção de Informação e Planeamento Estratégico (DIPE)

  • Análise de dados sobre medicamentos e dispositivos médicos;
  • Desenvolver estudos famacoepidemiológicos e de avaliação de medidas políticas a implementar ou implementadas;
  • Participar nos grupos nacionais e internacionais relacionados com a utilização de medicamentos.

Abertura de Procedimento mobilidade interna para o recrutamento de Avaliador

Direção de Avaliação de Tecnologias da Saúde - DATS

- Avaliar e gerir os processos de financiamento público de novas tecnologias de saúde, na vertente da avaliação farmacoterapêutica ou avaliação económica.

- Participar nos grupos nacionais e internacionais relacionados com a Avaliação tecnologias de Saúde.

 

Destaques