Voltar

Estratégia da Rede de Agências Europeias de Medicamentos até 2025 em consulta pública

Estratégia da Rede de Agências Europeias de Medicamentos até 2025 em consulta pública

Imprimir

07 jul 2020

Os Chefes das Agências de Medicamentos (HMA na sigla inglesa) e a Agência Europeia de Medicamentos (EMA na sigla inglesa) lançaram uma consulta pública sobre a Estratégia da Rede de Agências Europeias de Medicamentos até 2025 (European Medicines Agencies Network Strategy to 2025) que terá uma duração de dois meses, até 4 de setembro.

A estratégia conjunta incide sobre o modo como a rede das agências europeias de medicamentos pode continuar a proporcionar acesso a medicamentos seguros e eficazes que satisfaçam as necessidades dos doentes face aos desafios colocados pelos desenvolvimentos cada vez mais acelerados da ciência, da medicina, das tecnologias digitais, da globalização, bem como de ameaças emergentes à saúde, como a pandemia da COVID-19.

Esta estratégia foca-se em seis áreas prioritárias para a rede europeia :

  • Disponibilidade e acesso aos medicamentos
  • Análise de dados, transformação e ferramentas digitais
  • Inovação
  • Resistência antimicrobiana e outras ameaças emergentes à saúde
  • Desafios na cadeia de fornecimento de medicamentos
  • Sustentabilidade da rede e excelência operacional
  • São identificados objetivos e recomendações para cada uma destas áreas, que nortearão os planos de atividade da EMA e das autoridades nacionais competentes dos Estados-membros da União Europeia nos próximos cinco anos.

 

Esta estratégia tem em consideração as prioridades da Comissão em matéria de medicamentos e está alinhada com o roteiro para a estratégia farmacêutica europeia. As lições aprendidas com a pandemia da COVID-19 foram igualmente incorporadas.

A atual consulta visa permitir que o público, especialistas e partes interessadas expressem a sua opinião sobre os temas prioritários, assim contribuindo para a melhoria da estratégia das agências europeias de medicamentos.

Considerando a importância desta iniciativa, convidamos também à participação nesta consulta pública através da resposta ao questionário disponível em EUSurvey.

Informação sobre esta e outras consultas públicas está também disponível na página "Consultas públicas".

Imagem consulta pública