Subscrever Notícias

Acessibilidade

Vacinas COVID-19 continuam eficazes contra doenças graves e hospitalização causadas pela variante Omicron.

Imprimir

Acessibilidade

11 jan 2022

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA na sigla em inglês) continua a monitorizar os dados sobre a eficácia das vacinas contra a COVID-19, incluindo a doença causada pela variante Omicron.
Embora a variante Omicron pareça ser mais infeciosa do que outras variantes, os estudos realizados em alguns países, nomeadamente, África do Sul, Reino Unido e alguns países da UE, mostram um risco menor de hospitalização, neste sentido, com base nesses estudos, o risco é atualmente estimado entre um terço e metade do risco da variante Delta.
Os estudos realizados mostram também que a vacinação continua a fornecer um alto nível de proteção contra doenças graves e hospitalização vinculada à variante Omicron.
Estas e outras informações foram divulgadas esta tarde pela EMA. O documento original pode ser encontrado no website da Agência.

 

Notícias 3