Detetadas vulnerabilidades ao nível da cibersegurança em bombas de insulina MiniMed

Imprimir

Para: Divulgação geral

Tipo de alerta: dm

Contactos

  • Centro de Informação do Medicamento e dos Produtos de Saúde (CIMI); Tel. 21 798 7373; Fax: 21 111 7552; E-mail: cimi@infarmed.pt; Linha do Medicamento: 800 222 444

05 ago 2019

A Medtronic, fabricante das bombas de insulina MiniMed Paradigm Series e MiniMed 508, identificou potenciais vulnerabilidades ao nível da cibersegurança relacionadas com estas bombas de insulina.

Uma pessoa não autorizada, com conhecimentos técnicos especializados e com o equipamento adequado, pode potencialmente enviar sinais de radiofrequência (RF) para uma bomba de insulina que se encontre próxima conseguindo alterar as definições e assim controlar a administração de insulina. Esta situação pode levar a hipoglicemia (se for fornecida insulina em excesso) ou hiperglicemia e cetoacidose diabética (se não for fornecida insulina suficiente).

Os modelos que podem ser afetados encontram-se descrito em anexo.

Tendo em conta esta situação o fabricante decidiu emitir um aviso de segurança para os utilizadores destas bombas com as seguintes recomendações:

  • Manterem sempre a bomba de Insulina e os dispositivos que se ligam à bomba sob o seu controlo;
  • Não partilharem o número de série da sua bomba;
  • Estarem atentos às notificações, alarmes e alertas da sua bomba;
  • Cancelarem de imediato quaisquer bolus não pretendidos;
  • Monitorizarem regularmente os seus níveis de glicose no sangue e tomarem as medidas adequadas;
  • Não ligarem a bomba a dispositivos de terceiros nem utilizarem qualquer software não autorizado pela Medtronic;
  • Retirarem o seu dispositivo CareLinkTM USB do seu computador, quando não estiver a ser utilizado para fazer o download de dados da sua bomba;
  • Procurarem de imediato a ajuda de um médico se sentirem sintomas de hipoglicemia grave ou cetoacidose diabética, ou se suspeitarem que as definições da sua bomba ou o fornecimento de insulina se alteraram inesperadamente.
     

O Infarmed recomenda aos utilizadores que sejam adotadas estas precauções.

Quaisquer incidentes ou outros problemas relacionados com estes dispositivos médicos devem ser notificados à Unidade de Vigilância de Produtos de Saúde do Infarmed através dos contactos: tel.: +351 21 798 71 45; fax: +351 21 111 7559; e-mail: dvps@infarmed.pt.