O Infarmed irá acolher, no próximo dia 6 de junho, no seu auditório, o Simpósio do projeto BERC-Luso que irá abordar “As melhores práticas internacionais em matéria de investigação clínica: uma parceria com Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa”.

As inscrições, gratuitas e feitas no sítio berc-luso.com/simposio/, estão abertas até dia 3 de junho, sendo limitadas à capacidade do Auditório, aceites por ordem de chegada e confirmadas por e-mail.

BERC-Luso é um projeto de Ética e Reforço da Capacitação Regulamentar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, aprovado e financiado pelo Programa EDCTP2 (Parceria entre a Europa e os Países em Desenvolvimento para a Realização de Ensaios Clínicos), com o apoio da União Europeia e cofinanciado pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG). Envolve Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, e as suas respetivas Autoridades Nacionais de Ética (ANE) e Autoridades Regulamentares Nacionais (ARN), numa parceria com instituições portuguesas – Cátedra UNESCO de Bioética, Comissão de Ética para a Investigação Clínica, Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, IP e Ordem dos Farmacêuticos – especialistas nas áreas ética e regulamentar da investigação e do medicamento.

O Simpósio integra-se no Plano de Trabalho 1 - Legislação e consiste na apresentação e debate do estudo da legislação vigente em cada país parceiro relativamente às competências e funcionamento das Comissões de Ética e às Autoridades Regulamentadoras dos Medicamentos, comparativamente às boas práticas internacionais, realizado por uma equipa de juristas destes países.