Subscrever Alertas

Recolha de todos os lotes de medicamentos contendo valsartan dos titulares de AIM Teva Pharma, e Mylan Lda.

Imprimir

Circular Informativa n.º 162/CD de 23/11/2018

Para: Divulgação geral

Tipo de alerta: med

Contactos

  • Centro de Informação do Medicamento e dos Produtos de Saúde (CIMI); Tel. 21 798 7373; Fax: 21 111 7552; E-mail: cimi@infarmed.pt; Linha do Medicamento: 800 222 444

23 nov 2018

Na sequência da deteção de valores de impurezas de NDEA (N-nitrosodimetilamina) fora do limite admissível, nos lotes de substância ativa Valsartan, produzidos no âmbito do CEP 2009-396 do fabricante Mylan Laboratories Limited [1], o Infarmed determina a suspensão imediata da comercialização de todos os lotes de medicamentos produzidos com a referida substância ativa, dos titulares de AIM Teva, e Mylan.

Face ao exposto:

As entidades que possuam embalagens pertencentes a estes lotes em stock não as podem vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução.

Os utentes que estejam na posse dos lotes de medicamentos objeto desta recolha podem solicitar a sua substituição[2] por um lote de medicamento não afetado, nos locais onde foram adquiridos, mesmo que as embalagens já tenham sido encetadas/utilizadas.

As unidades recolhidas devem ser creditadas aos intervenientes[3] no circuito do medicamento (Farmácias e Distribuidores por Grosso) pelas entidades que os forneceram.

Existem outros medicamentos contendo valsartan, isolado ou em associação, que não foram recolhidos, bem como outros medicamentos disponíveis, para as mesmas indicações, e que constituem alternativas terapêuticas.

 

[1] Mylan Laboratories Limited, Unit 8, G.Chodavaram Village, Poosapatirega (M), Vizianagaram District 535 204 Andhra Pradesh, India

[2] O direito de substituição está previsto nos termos do disposto no artigo 4.º do Decreto-Lei n.º 67/2003, de 8 de abril, na sua atual redação.

[3] De acordo com o n.º 7 do artigo 178.º de Decreto-lei N.º 176/2006, de 30 de agosto, na sua atual redação.

 

O Infarmed continuará a atualizar as informações sobre este caso, no âmbito do processo coordenado com as demais agências europeias do medicamento.

(Consultar anexos)